Ensaio sobre o amor e o casamento perfeito.

Pra começo de conversa o casamento perfeito deve ser imperfeito. Falo com a experiência de ter casado três vezes (a cada 7 anos considero um novo casamento) com a mesma mulher e pretendo fazê-lo um milhão de vezes.

Fico surpreso quando encontro um velho amigo ou conhecido e ouço a pergunta: “e aí, ainda tá casado com a Elaine?”. Porra! É claro que estou. Minha esposa relata o mesmo caso com velhas conhecidas (sic… mulheres não envelhecem, peço desculpas).

Não existe fórmula para o casamento perfeito, mas existe o amor. Sim, este sentimento rico em hormônios, vitaminas e experiências da vida.

O casamento é uma extensão do namoro, onde a troca de fluídos por meio de beijos dá pra construir uma hidroeletrica. Um dos problemas é este: onde estão os beijos? Eles ficaram lá no passado? Lá no namoro? Quem disse que após o casamento devemos diminuir os beijos? Beijo é um dos ingredientes mais fortes do casamento. É um combustível natural para a vida.

Ok. Nem só de beijo vive o amor. Respeito é outro ingrediente indispensável para um relacionamento saudável e gostoso. Não dá pra ser hipócrita, pois todos nós já desrespeitamos nossos amores em algum momento do relacionamento. Mas devemos aprender com nossos erros, perdoar e também ensinar o perdão.

Algumas mulheres (inclusive a minha) imaginam um amor de cinema, uma familia de comercial de margarina. Dá pra ser assim? Claro que não. Isso é muito chato. Nem mesmo as mulheres iriam suportar tanta “melação”, tanta mesmice. O amor deve ser intenso, com desafios, defeitos, vitórias e derrotas. A vida é assim e por que o casamento deveria ser diferente?

Agora vem aquele ponto caliente: TESÃO!!! Quer coisa mais deliciosa que sentir tesão por seu amor? A cada dia sinto-me mais teso com minha gata. Ela me enlouquece e sei que é a recíproca é verdadeira. Creio que essa evolução seja alimentada com nossos beijos, vontades e carinhos. O sexo não é bom, ele é “FODA” com todas as letras maiúsculas. Morremos e renascemos em cada relação. Loucura mesmo.

Mas e daí Facunte? Daí que você deve amar mais, respeitar mais, beijar mais e não esquecer que a porra da vida é maravilhosa e muito melhor do que aquele comercial de margarina.

Viva o amor, viva o beijo, viva a familia brasileira.

Até mais MTF!

Facunte

2 thoughts on “Ensaio sobre o amor e o casamento perfeito.

  • 13 April, 2011 at 1:41 pm
    Permalink

    Texto perfeito para o dia do beijo… Nem só de código vive o homem !!! []s

  • 3 May, 2011 at 1:51 pm
    Permalink

    Post sensato e maduro. Gostei do que lí.

    Parabéns pelo seu abençoado e feliz casamento, e por essa mentalidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>